PostHeaderIcon A agonia de um cagão sem papel higiênico

Hoje eu cometi um erro que nunca se deve cometer na vida. Não verificar se sem papel antes de começar a cagar! Estava eu trabalhando de boa, quando de repente, sinto aquele cutucão lá em baixo. Penso: bom, vou ali rapidinho resolver isso e volto pro trabalho. Mas, no caminho da sala onde trabalho para o banheiro, o negócio apertou e tive que, sem delongas, arriar as calças e sentar no vaso. Até deu tempo de puxar a descarga, para garantir uma água limpinha. Mas foi só o que lembrei de fazer antes de sentar!

Então, com a agonia de chegar logo na privada para não me cagar, eu simplesmente esqueci de verificar se tinha papel higiênico para posterior limpeza anal. Foi quando todo o desespero começou. Pensei comigo: calma, vou pega o celular e ligar para um amigo levar o papel para mim. Simples e prática solução. Porém, ao vasculhar nos bolsos da calça, fiz a seguinte descoberta: o celular ficou na sala. Puta que pariu, e agora?

Porra, eu tava com a carteira no bolso, mas o celular não… como pode? Por que a porra da carteira não ficou na sala em vez do celular? Acalmei um pouco e pensei: deixa eu ver o que tem na carteira para ajudar. Obviamente que não tinha nada. Só os papéis de cartão de crédito, aqueles que a maquina cospe quando você paga e não serve para nada, só para estufar a carteira. Nem para limpar a bunda servem! Vejam o que o desespero faz, olhar a carteira! Afinal, quem anda com papel de limpar a bunda na carteira?

Continuei pensando e lembrei que tinha levado uma revista, afinal, um passa tempo para este momento solitário que é o ato de cagar. Não que eu queira cagar em equipe, mas não deixa de ser um ato solitário, certo? Porém as páginas da revista são aquelas platificadas, ou seja, ia somente espalhar a bosta. Ainda pensei: se eu amassar as folhas e molhar na água da descarga … mas a descarga era embutida! Fim da opção.

Quando eu estava quase começando a gritar por socorro, lembrei da cueca. Po, posso usar a cueca. Mas minha cueca novinha, confortável e eu ia ter que jogar fora? Triste demais! Porém, achei que isso seria um preço justo a se pagar, já que eu burro não olhará se tinha papel higiênico antes de sentar e… pera aí, eu não olhei se tem papel higiênico e já viajei em todas as possibilidades, como assim?!?!?

Então eu simplesmente lembrei que eu não tinha verificado se tinha papel. fui olhar e tcharammm, não é que tinha! Um rolo cheinho, branquinho e cheiroso. Uma visão mágica, quase divina! Então pude voltar a fazer o que começara, sem desespero e sem pensamentos ruins. Agora finalmente pude cagar em paz.

ps.: Moral da história: vc poder ficar cagado, mesmo chegando rápido à privada se esquecer de verificar se tem como se limpar.

pps.: Lição aprendida: a mesma do ps.


One Response to “A agonia de um cagão sem papel higiênico”

  • Anna Sayonara says:

    Putz’me mijeii de tanto riir essa foi ílaria ,muiito bom!!!
    adorei,amei…meu deus kkkkkkk to rindo ate agoorah.

    Reply

Leave a Reply

Comodidade
ValeDoSeuLixo por E-Mail:
Arquivos
October 2014
M T W T F S S
« Apr    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031